The Pigeon Detectives: O terceiro vem aí


The Pigeon Detectives

Começou em uma tarde de tédio, “zapeando” os canais. Nada interessante, mesmo com inúmeros canais de TV a cabo. Parei por acidente no Multishow HD, canal musical da grade da NET. Um nome incomum me chamou atenção, The Pigeon Detectives. Que raio de banda coloca um nome desses? Até que é engraçado vai…

A curiosidade foi inevitável. Não peguei o início, voltava do intervalo.

Se o nome (Pigeon Detectives) é interessante, no palco, a banda inglesa é muito mais. A atitude e presença de palco do vocalista Matt Bowman são o cartão de visita da banda. Ele (incansável e incessantemente) pula, roda o microfone pelo fio, corre de um lado para o outro. Essa marca registrada de Bowman é a alma do show, já que empolga até o preguiçoso deitado no sofá. Os outros integrantes, mesmo sem o appeal Rock N’ Roll do vocalista, trazem à banda um estilo consistente e agradável a vários gostos musicais.

Dave Best (baixo) trabalha com uma levada diferenciada, deixando a música com uma condução agradável, mesmo nas transições mais agitadas. Jimmi Naylor (bateria) é muito bom. Varia bastante suas viradas e mantém a batida das músicas sempre interessante e bonita. Mas, são das guitarras de Oliver Main e Ryan Wilson que se podem notar as influências claras da banda. As características musicais do Pigeon Detectives assemelham-se muito ao estilo de The Strokes, Kaiser Chiefs e até das músicas mais agitadas dos Kooks. A semelhança estilística é tão clara que fez com que os Pigeon Detectives fossem convidados a abrir a turnê de 2006 dos Chiefs.

Também em 2006, os Pigeon Detectives lançaram seu primeiro álbum, chamado Wait For Me. Como característica que se almeja em qualquer composição, as músicas do disco são muito marcantes. Músicas que, individualmente, ficam na cabeça e, em sequência, encaixam-se perfeitamente. Essa característica sequencial do disco faz com que o ouvinte espere ansiosamente a próxima música. Em suma, as músicas despertam, cada vez mais, a curiosidade. Quando menos se espera, o álbum acaba e você quer ouvir mais uma. Wait For Me é permeado por músicas agitadas, mas que não dão aquela sensação de cansaço aos ouvidos.

Os destaques de Wait For Me são Take Her Back, I’m Not Sorry, I Found Out e Romantic Type. Vale a pena.

Por mais difícil que seja, para uma banda nova, manter o nível depois de um bom álbum, os Pigeon Detectives conseguiram. Emergency, de 2008, mantém o estilo agitado e cru (sem efeitos psicodélicos, ou instrumentos inusitados). O segundo disco da banda mantém um alto nível de qualidade. É mais melódico, característica que faria mais sucesso por aqui, mas é a única mudança em relação à Wait For Me.

Matt Bowman é a alma da banda

Os destaques são Emergency, Keep On Your Dress, I’m Not Gonna Take This, Everybody Wants Me e Making Up Numbers.

Há algum tempo, o Pigeon Detectives promete o terceiro disco. Depois de tirar férias, ao fim da turnê de Emergency, rumores dizem que o álbum está em fase de gravação e deve sair em 2011.

Em entrevista, o baterista Jimmi Naylor declarou que nunca gostou do nome, mas a banda poderia chamar atenção pelo nome incomum. Não que isso seja suficiente, mas considerando a minha experiência com o Pigeon Detectives, Naylor não podia ter mais razão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: